O que definir antes de escrever seu livro?

Antes de escrever o seu livro você precisar seguir essas 6 dicas que separei aqui neste artigo. 

É provável que você já saiba algumas delas, mas se essa é a primeira vez que você vai escrever um livro você precisa ter tudo alinhado antes de começar a escrever o seu livro. 

Isso porque uma das maiores frustrações de escritores iniciantes é não conseguir concluir um livro. 

E, na maioria das vezes, isso acontece porque o escritor não fez um planejamento antes. 

Por isso, vou te mostrar agora tudo (ou praticamente tudo) o que você precisa definir antes de escrever seu livro. 

1) Pense como um escritor

Antes de se sentar e digitar uma única palavra, vale a pena dedicar algum tempo para responder a algumas questões de atitude e adotar a mentalidade correta.

Esta é uma das etapas mais frequentemente esquecidas para se tornar escritor, o que é um grande motivo pelo qual tantas pessoas não conseguem terminar seu livro.

E como pensar com um autor?

Encontre o seu “porquê” para escrever um livro

Não é suficiente ter uma ideia inspiradora de livro. Antes de colocar a caneta no papel, você precisa saber seu propósito.

Eu não vou mentir. Escrever um livro é gratificante, mas requer muito trabalho. Sendo assim, você não pode escrever só porque sente alguma coisa. Tem que ser o seu propósito!

Isso porque os sentimentos são fugazes, ao passo que o propósito é um motivador intrínseco mais profundo que o manterá queimando o óleo da meia-noite até você finalizar a sua obra.

Estes são alguns motivos populares para os autores escreverem um livro:

  • Autoridade
  • Dinheiro
  • Faça crescer uma rede
  • Projeto Paixão
  • Para escapar de problemas do mundo real
  • Para dar uma fuga aos outros
  • Ter o poder de mudar vidas

Não há propósitos certos ou errados para escrever um livro.

Livre-se de suas desculpas por não ter escrito o livro

É normal começar a deixar que as desculpas para não escrever seu livro se tornem um obstáculo para o seu sucesso.

Mas você pode superar isso.

Sendo assim, gaste um pouco de tempo abordando algumas desculpas comuns que muitos de nós inventamos para nos impedir de escrever. Como, por exemplo: 

Desculpa n.º 1: Eu não sei o que escrever

Você pode não perceber, mas tem uma história que vale a pena contar. Pra descobrir isso, você pode:

  • Ver uma lista de prompts de escrita ou ideias para histórias
  • Escrever uma lista de todas as coisas pelas quais você mais gosta
  • Escrever uma lista de tudo que você conhece bem
  • Listar as áreas em que você deseja ter credibilidade
  • Imaginar qual ideia você teria mais orgulho de ter seu nome

Desculpa n.º 2: Eu não tenho tempo

A verdade é que, praticamente, todo mundo não tem tempo livre no meio da semana.

Mas a boa notícia é que você pode começar a escrever o seu livro dedicando 30 minutos por dia. 

Não precisa de muito tempo, mas só de compromisso!

Desculpa n.º 3: Não consigo ler todos os dias

Alguma vez na vida você já ouviu que bons escritores passam todo o seu tempo livre lendo (eu mesma já falei isso diversas vezes). 

Mas, na verdade, muitos escritores diminuem suas leituras (pelo menos temporariamente) a fim de ter tempo suficiente para escrever. 

Além disso, você não precisa ser um conhecedor de literatura para escrever um grande livro. Seu estilo de escrita e voz são seus.

No entanto, lembre-se que a melhor forma de escrever melhor é lendo. Sendo assim, você pode:

  • Ler um capítulo ou dois à noite
  • Ler em um gênero diferente do seu (isso ajuda a evitar ser influenciado demais por outro livro)
  • Ser intencional sobre o que você lê
  • Ter um horário de leitura designado que não interfira com o tempo de escrita
  • Parar de ler por um tempo se você tiver muito pouco tempo livre

Desculpa n.º 4: Eu não sou um especialista

Você não precisa saber tudo sobre o seu tópico. Enquanto houver uma lacuna de conhecimento entre você e o leitor – e contanto que você esteja ajudando a preencher essa lacuna ensinando-lhes coisas que eles não sabem – então você é especialista o suficiente para escrever um livro.

Portanto, pare de se preocupar em “não ser um especialista!” Se você é apaixonado e tem conhecimento de um tópico, está 100% qualificado para escrever um livro sobre ele.

Desculpa n.º 5: Meu primeiro rascunho deve ser perfeito

Um rascunho, como o próprio nome já diz, não é nada definitivo. Sendo assim, ele terá erros e está tudo bem com isso. 

Até mesmo escritores experientes terminam o livro com anotações do editor! Então, relaxa e desapega da perfeição!

Lembre que é o seu trabalho

Simples! Se você fosse pago para escrever todos os dias quanto tempo você dedicaria para isso?

No mínimo 8h. Certo?

Então dedique pelos menos uma hora do seu dia para escrever, ler e fazer pesquisas para o seu livro.  

2) Programe um tempo para escrever

 Agora que você pensa como um escritor, você precisar olhar na sua agenda e determinar um tempo para escrever.

Sem se planejar, é muito fácil deixar seus objetivos de escrever um livro ficarem em segundo plano.

Para fazer isso, separei para você um passo a passo simples que vai te ajudar a encontrar mais tempo para escrever. Vamos lá?

Passo 1: Avalie o que está acontecendo em sua vida nos próximos 15 dias

 É comum que novos escritores estabeleçam metas de tempo irrealistas, o que, por sua vez, gera estresse quando é impossível cumprir esses prazos arbitrários.

Por isso, antes de determinar que você vai escrever das dez às onze da noite, observe sua rotina por 15 dias e anote tudo o que você faz naquele espaço de tempo. 

Eu utilizo uma planilha do Google Drive, mas se você tiver outro sistema só me contar nos comentários:

Para baixar a planilha entre no nosso canal do Telegram!

Passo 3: Escolha a hora do dia que você vai escrever

Agora que você já conhece sua rotina e sabe quais horários estão mais cheio, você pode escolher um período para começar a escrever.

Você pode decidir acordar cedo e escrever antes que as obrigações do seu dia atrapalhem o seu tempo de escrita.

No entanto, se suas noites são livres, mas seu cérebro é uma bagunça e você só é bom para afundar nas almofadas do sofá, escolha um horário diferente ou reorganize sua programação para não ficar tão exausto à noite.

Além disso, você pode reservar algum tempo na hora do almoço ou dedicar pequenos períodos ao seu dia de trabalho, como quando está fazendo a transição entre as atividades ou esperando o início de uma reunião.

Resumindo: faça testes! 

Veja qual horário do dia é melhor pra você após testar todos aqueles que você acreditou que seriam produtivos.

Passo 3: Defina um prazo para terminar o livro

Agora que você já determinou quais horários vai escrever, precisa determinar um dia para concluir o seu livro. Caso contrário, você vai apenas procrastinar.

3) Crie seu espaço para escrever

 O espaço físico onde você escreve seu livro é importante. Se você tentar escrever em um ambiente muito barulhento, muito ocupado ou muito confuso, ficará distraído com frequência.

É verdade que alguns autores podem escrever em um ambiente bagunçado, mas eu suspeito que a maioria desses autores se tornaria ainda mais focado e produtivo se limpassem seu espaço de escrita para tornar mais fácil se concentrar em sua escrita.

No entanto, essa é apenas minha opinião. A verdade é que o “melhor” ambiente de escrita será pessoal para você. 

4) Escolha onde você vai escrever

Eu amo escrever no Word do Google Drive. Tudo o que escrevo está salvo nele. Mas você pode usar outras ferramentas como, por exemplo, bloco de notas, aplicativos no celular, em cadernos, etc.

O importante é você concentrar o seu livro em apenas uma ferramenta.

5) Pesquise o seu leitor ideal

Você precisa identificar o que os leitores querem para saber sobre o que você pode escrever.

Afinal de contas, um leitor compra um livro porque deseja ser informado, inspirado, educado ou entretido.

Sendo assim, conectar-se com seu público-alvo é fundamental quando você deseja publicar seu livro.

Você deve atender a um determinado grupo demográfico, portanto, ter uma ideia clara sobre o público-alvo pode contribuir muito para moldar o seu livro.

Por exemplo, JK Rowling escreveu seus livros de Harry Potter voltados principalmente para adolescentes e jovens adultos lendo por prazer.

Dessa forma, descubra qual a idade do seu leitor ideal, o que mais eles consomem, qual o gênero, etc.

6) Reúna suas ideias para o livro

Ninguém começa a escrever um livro do nada! Tudo tem uma referência!

Por isso, faça pesquisas que vão te ajudar a construir sua narrativa e reúna todas em um único lugar.

Se você está escrevendo ficção e sua história se passa em locais do mundo real, os detalhes são importantes. 

Conclusão

Neste artigo te mostrei o que você precisa definir antes de começar a escrever o seu livro. 

Foram seis dicas simples, mas eficazes, que podem te ajudar a dar o primeiro passo para a sua publicação. 

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário!

Sua vez,comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s