5 casos que você deve PARAR AGORA  de usar a CRASE

Se você ainda tem dúvidas de quando deve ou não utilizar a crase, então, esse artigo é exclusivo para você!

Quem nunca ouviu aquela linda frase: Vou a, volto da, crase há. Vou a, volto de, crase pra quê?

Provavelmente, você já deve ter escutado essa expressão em algum lugar. Só que isso não define todos os casos de crase.

São vários casos obrigatórios, muitos outros facultativos e existem também os casos proibidos.

Hoje eu vou te mostrar 5 casos que você NUNCA, JAMAIS, EVER deveria utilizar a crase.

Mas antes, vamos devagar? Que tal eu te falar primeiro o que é crase?

Pega papel e caneta pra anotar tudinho o que eu vou te falar, pois esse assunto é extremamente importante para você que deseja passar no vestibular ou Enem e também para você que é escritor!

O que é a crase?

A palavra crase tem origem grega e significa “fusão”, “mistura”. Em nossa língua, é o nome que se dá à união de duas vogais idênticas.

A crase é a junção da preposição “a” com o artigo feminino “a” (s),  ou com o pronome demonstrativo “a” (s), ou com o “a” inicial dos pronomes aquele (s), aquela (s), aquilo e com o “a” do relativo a qual (as quais).

Na escrita, utilizamos o acento grave ( ` ) para indicar a crase. É o acento grave que denuncia o uso da crase.

Para utilizar a crase é preciso ter entendimento e dominar a regência dos verbos e nomes que exigem a preposição “a”.

Sendo assim, aprender a usar a crase, portanto, significa aprender a verificar a ocorrência simultânea de uma preposição e um artigo ou pronome.

Como saber se posso utilizar a crase?

A vida é bem mais do que respostas e perguntas. – Jornal d'aqui

Existem algumas formas de verificar a existência de um artigo feminino “a” (s) ou de um pronome demonstrativo “a” (s) após uma preposição “a”.

Mas a dica básica é: colocando um termo masculino no lugar do termo feminino que se está em dúvida.

Se na troca aparecer a forma ao, ocorrerá crase antes do termo feminino. Deixa eu te dar um exemplo para você ver isso na prática:

Na frase “fui à feira”, por exemplo. “Substitua ‘feira’ por ‘supermercado’. Se o ‘a’ virar ‘ao’, o ‘a’ em questão tem que receber o acento grave. Ou seja, significa que se trata da fusão entre uma preposição e um artigo.

Fui à feira.

Fui ao supermercado.

Agora se o A se mantiver mesmo ao lado de uma palavra masculina, ele não leva crase.

Estou enviando o livro a ela.

Estou enviando o livro a ele.

Casos que você deve PARAR de usar a CRASE

Bom, agora chegou a hora de eu te falar quando você não deve usar a crase.

Basicamente, se a palavra que vem depois da preposição a é de gênero masculino, não há uso da crase.

Essa regra é uma das principais na lista dos erros de acentuação mais cometidos por aí.

Outros equívocos graves que também ocupam as primeiras posições na lista então eu vou te falar alguns casos nos quais o emprego do acento grave é imperdoável e se você utiliza eles eu te aconselho a PARAR com isso AGORA.

1. Antes de substantivos masculinos

  • Jorge tem um carro a álcool.
  • Samuel comprou um jipe a diesel.
  • Passou a camisa a ferro.
  • Fazer o exercício a lápis.

2. Antes de verbos no infinitivo

  • O arquiteto está começando a renovar essa casa.
  • Meu irmão se dispôs a ajudar no que fosse necessário.
  • Estou disposto a ajudar.
  • Continuamos a observar as plantas.

3. Em expressões com palavras repetidas, mesmo que essas palavras sejam femininas

  • Gota a gota, minha paciência foi enchendo!
  • Preciso conversar com você face a face.
  • Ela encara o dia a dia sem estresse.

4.Antes de palavras femininas no plural antecedidas pela preposição a

  • Não vou a festas.
  • A pesquisa não se refere a mulheres casadas.
  • O prêmio só foi concedido a cantoras nacionais.

5. Antes de um numeral (exceto horas)

  • O hotel fica a dois quilômetros daqui.
  • O motorista conduzia a 180 km/h.
  • Chegou a duzentos o número de feridos.
  • Daqui a uma semana começa o campeonato.

Conclusão

Agora que  você já sabe uns macetes legais para saber quando deve fazer o uso da crase e os erros mais comuns que não podem ser cometidos.

Está na hora de você começar a praticar! Se você é vestibulando, concurseiro ou candidato do Enem, vá agora resolver umas questões.

E se você é escritor, que tal ir dar uma olhada nos seus textos e ver se está tudo certinho?

Ok Okay GIF - Ok Okay Alright - Discover & Share GIFs

Conta pra mim nos comentários se você cometia algum dos erros que falamos hoje.

Volto depois com mais dicas da Maduh exclusivas pra você!

 

Sua vez,comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s