9 estratégias para evitar a repetição de palavras no texto

Evitar a repetição de palavras num texto, talvez seja um dos grandes desafios dos escritores, dos candidatos ao vestibular e concurso público. 

Escrever um texto enorme e depois perceber que repetiu palavras e ideias. Quem nunca?

Esse é um erro muito comum, porém, acaba tornando-se um problema quando te faz perder pontos na redação ou créditos com o leitor do seu texto. 

Seiran Touhou GIF - Seiran Touhou Ringo - Discover & Share GIFs

Afinal, o texto fica chato de ler, torna-se deselegante e monótono.

Pensando nisso, elaborei esse post, que irá te dar algumas dicas sobre como evitar repetições de palavras.

Você costuma ficar sem estratégias para variar certas palavras na hora de escrever um texto? 

Então, vem comigo!

1. Leia bastante

Fluência leitora: ler rápido é ler bem? | Clube de Leitores A Taba

Você pode estar pensando…

“Não acredito que a primeira dica é essa!”

Mas, deixa eu te falar uma coisa: sem leitura, vocabulário reduzido. Com leitura, vocabulário expandido. 

Se você lê com frequência e sobre vários assuntos, então aprende vários termos, palavras novas que vão ajudar no processo de evitar a repetição. 

Então leia bastante e procure ler de tudo um pouco mesmo que não goste. Anote palavras desconhecidas e busque seus significados de acordo com os contextos que ela pode ser inserida.

2. Substitua as palavras

Existem diversas maneiras de você substituir uma palavra para que não haja a repetição excessiva. 

Vou te mostrar algumas formas de substituição que vão facilitar a sua vida na hora de redigir um texto. Independente do gênero textual a que ele pertença.

Substituição por meio da pronominalização:

Esse tipo de substituição é feito a partir do uso de pronomes, elementos que substituirão outros termos já expressos no seu texto. 

Você pode substituir por pronomes pessoais, demonstrativos, indefinidos, relativos e etc.

Observe os exemplos:

Pronomes pessoal:

Os filhos estavam muito agitados, por isso a mãe pediu-lhes que fizessem silêncio. (lhes = pronome pessoal).

Pronomes demonstrativos:

Carla disse a Júlio que estava com fome. Depois de dizer isso, decidiram ir para um restaurante. (isso = pronome demonstrativo)

Pronomes indefinidos:

Os pais e avós compareceram ao casamento e todos foram homenageados. (todos = pronome indefinido)

Pronomes relativos:

Acabei de lavar o vestido que estava sujo de tinta. ( que = pronome relativo)

Substituição por advérbios pronominais:

Esse tipo de substituição é feito a partir do uso de advérbios pronominais. Geralmente, indicam espaço e podem ser usados na substituição de nomes de lugares.

Exemplo: As crianças foram ao parque de diversões, mas quando chegaram , já não havia mais ingressos.

Substituição por numerais:

Já nesse tipo de substituição, utilizamos os numerais para substituir um ou mais termos já citados.

Exemplo: Fábio e Paula chegaram atrasados ao aeroporto, por isso, os dois perderam o voo.

3. Use sinônimos

Aqui, você deve utilizar palavras diferentes com o mesmo significado, para não repeti-las.

Por exemplo: Apareceram diversos problemas durante a implementação do projeto. Porém, essas dificuldades não impediram a sua realização.

Neste caso, a palavra “dificuldades” serviu para não repetir “problemas”.

Para te ajudar nessa etapa você pode utilizar os sites sinônimos.com ou o Dicionário Criativo, lá tem diversas palavras que você pode usar para evitar a repetição de palavras no seu texto.

4. Faça o uso de hiperonímia e hiponímia:

A hiperonímia consiste em usar palavras que possuem um significado mais amplo do que o do termo substituído.

Veja: Clara tomou um suco que não lhe fez muito bem. Parece que a bebida estava vencida.

Note que “suco” é um tipo de bebida. Este termo abrange mais itens do que aquele.

Já a hiponímia é o contrário da hiperonímia. Ela consiste em trocar um termo mais abrangente por outro mais específico.

Por exemplo: Os pássaros foram apreendidos pela Polícia Militar Ambiental. Canários da terra, tucanos e jandaias seriam comercializados irregularmente na Argentina e no Uruguai (canários da terra, tucanos e jandaias são hipônimos da palavra pássaros).

Perceba que o elemento “Canários da terra, tucanos e jandaias” são apenas 3 dos que compõem a classe dos pássaros.

5. Sintetize os termos em uma única palavra

Use um único termo que sintetize aquilo que foi escrito anteriormente.

 Veja o exemplo: 

“Massacres, guerras, perseguições contra a ciência e arte. Todos esses fatos marcaram a Idade Média”.

Nesta situação, a palavra “fatos” sintetizou tudo o que foi escrito anteriormente.

6. Empregue a técnica do epíteto

O epíteto é uma técnica que consiste no uso de uma palavra ou frase para qualificar uma pessoa ou coisa.

Exemplo: Brittany Murphy fez filmes maravilhosos. Pena que a atriz mais linda da história já tenha morrido.

Neste caso, o nome Brittany Murphy foi substituído pelo substantivo qualificativo “a atriz mais linda da história”. 

Esse é um recurso que serve para não se repetir no texto.

7. Faça o uso de metonímia

A metonímia consiste em empregar um termo no lugar de outro, havendo entre ambos estreita afinidade ou relação de sentido.

Observe o exemplo: Várias pernas passavam apressadamente. (= Várias pessoas passavam apressadamente.)

8. Omita termos por elipse

Top 20 Esconde GIFs | Find the best GIF on Gfycat

É uma figura de linguagem muito utilizada quando se quer substituir um termo já utilizado no texto.

Se dá quando uma palavra ou expressão é omitida da sentença, mas mesmo assim pode ser identificada. O termo fica subentendido e sua ausência na oração não prejudica a compreensão do que está sendo dito.

Por exemplo: Chegamos hoje cedo.

Perceba que temos aqui a omissão do pronome reto nós, que fica representado pela conjugação do verbo chegar na primeira pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo.

9. Transforme palavras por nominalização

Essa estratégia configura a substituição de um verbo por um substantivo que deriva dele.

Veja:

Os trabalhadores decidiram paralisar os trabalhos. Segundo o líder, a paralisação continuará até que a diretoria apresente novas propostas.

Veja que a palavra “paralisação” nasce do verbo “paralisar”. Trata-se aqui de uma derivação sufixal (paralisa -ção).

Conclusão

Percebem que a repetição das palavras empobrece o texto? 

Além de tornar a escrita desinteressante, também indica pobreza vocabular do escritor. Por isso, neste artigo, eu te mostrei nove maneiras para não repetir vocábulos.

Desde substituições, omissões, transformações e síntese de palavras.

Se você conhece alguma outra forma que ajude o escritor a não repetir palavras, deixe aqui nos comentários!

Beijos e até mais!

 

Sua vez,comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s