Como escrever o enredo do seu livro

Você sabia que o planejamento é o primeiro passo para produzir qualquer coisa? Objetos, festas e projetos são, primeiramente, programados para depois serem executados ou produzidos.

Na construção de um livro ocorre o mesmo. Deve-se ter um bom planejamento para conseguir concluir a história e manter a coesão entre um capítulo e outro. No post de hoje vou mostrar para você como escrever o enredo do seu livro. É uma organização básica que pode (e deve) ser alterada quando você quiser. Ah e também não precisa ser seguida na ordem apresentada. Vamos lá?

DEFINA O CENÁRIO

Determine onde a história vai ser contada: país, cidade e época. É importante pesquisar bastante (mesmo se você conhece o lugar e, principalmente, se você não conhece). Histórias em um cenário de outro século exige mais pesquisa e mais disciplina, pois, as roupas, lugares e até o modo de falar são diferente do que estamos acostumados.

ESCOLHA EM QUE PESSOA E EM QUAL TEMPO VAI NARRAR

O mais usual são narrações em primeira e terceira pessoa. Este ponto é importante para definir se seu narrador será protagonista, onisciente ou observador.

Geralmente, as narrações são no passado ou no presente. É essencial escolher um dos tempos para o texto não ficar confuso. Pense assim: a história já aconteceu? Então escrevo ela no passado. A história está acontecendo? Presente.

LISTE ALGUNS CONFLITOS

Toda história há conflitos. Conflitos são situações que giram em torno dos personagens, circunstâncias que despertam o choque de interesses e opiniões. Eles devem conduzir a história ao clímax.

Ah, Karol, mas não sei como criar um conflito. Pense na seguinte pergunta: o que meu personagem mais quer  na vida? O que ele seria capaz de fazer para conseguir?

DETERMINE O CLÍMAX

Clímax é o momento em que as ações atingem seu instante crítico. É a parte de maior tensão da história levando a solução dos conflitos e ao desfecho da história. É aquele momento onde pode acontecer uma reviravolta ou acontecer exatamente como o esperado.

DECIDA O DESFECHO

É importante determinar o final da história, mesmo que ele mude no decorrer da escrita ter o final bem definido ajuda a manter a linha de raciocínio até o fim. O desfecho é a solução para o conflito que você criou. Se você tem vários conflitos pode optar por resolvê-los no decorrer da história.

MONTE UM CRONOGRAMA

Já leu alguma história em que você ficou perdido no tempo? Pois é, isso acontece porque não fazemos um cronograma do que vai acontecer na história. A dica aqui é você descrever uma linha do tempo: coloque datas verídicas (dia, mês, ano, dia da semana), se quiser coloque o horário também. Você vai ver como facilita.

MONTE FICHA DE PERSONAGENS

Não tenha preguiça! As fichas vão te ajudar a conhecer o personagem. Quando você tiver dúvida de qual atitude ele tomaria em determinada situação você pode recorrer a ficha e dá uma olhada. Na ficha você pode colocar o nome, idade, manias, características, etc.

ufa-gif-10

UFA! Espero ter te ajudado! Você tem alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário!

2 comentários

Sua vez,comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s