“Diário de um BR” mistura humor, mistério e cotidiano

1A autora Amanda Dantas (Quéstia no Nyah) conseguiu introduzir um assunto comum de uma forma dinâmica e sútil. Diário de um BR conta a história de um adolescente, Fry, que tem problemas com os pais e uma vida social pouco agitada na escola. Apesar de parecer um pouco clichê, a autora não foca muito nisto e trás para a história uma narrativa engraçada e ainda consegue colocar uma pitada de ministério.

O tema central é o diário de um adolescente que usa a zoeira para passar por cima dos problemas. Assim que você entra na fanfic da de cara com uma capa bem trabalhada e uma sinopse que fala exatamente do que a história se trata. O leitor não tem dúvidas do que será a fanfic e já na sinopse entende o significado de “BR”.

Apesar disso, o primeiro capítulo deixa um pouco a desejar. Primeiro porque o tempo verbal está um pouco confuso: às vezes está no presente e outras vezes no passado. Como se trata de um diário sempre escrevemos no passado, pois falamos sobre o que já aconteceu e, às vezes, no futuro, quando se trata de algum planejamento. Um outro ponto foi a apresentação do personagem principal. Bom, eu já tive vários diários e nunca me apresentei na primeira página deles. Mas isto não é uma regra, é claro.  

Os outros capítulos são bem melhores do que o primeiro, a autora consegue tirar risada do leitor e ainda manter uma boa escrita. Os capítulos estão em um bom tamanho, não são longos ao ponto de ser cansativos nem curtos de mais.

Assim que inicia a história, a autora enfatiza que não é um clichê. Quero deixar claro aqui que clichês não são ruins, quando bem trabalhados são ótimos. Até classificaria o “Diário de um BR” como clichê se não tivesse lido os outros capítulos. Olha: seria um clichê dos bons. Mas este não é o caso, como já disse, a história toma outro rumo. Começando pela presença de uma ruiva acima do peso, o relacionamento de pais separados, uma mãe que não liga para o filho e a presença misteriosa de uma garota de cabelo rosa. Além disso, Fry é o típico garoto engraçadinho que toda sala de aula tem, mas que é pouco abordado nas fanfics.

Se você está a fim de ler algo leve e prazeroso, recomendo a leitura. Não desista no primeiro capítulo, a história é bem envolvente. A autora tem outra história publicada no Nyah, mas parece ser totalmente o oposto desta. Isto em questão do tema.

Quer uma crítica da sua fanfic? Me mande um e-mail com o link para karolaynebbarbosa@gmail.com.
Xo

Assinatura

Sua vez,comenta aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s